Portal de transparência de Imbituba está mal colocado em ranking do MPF

O Ministério Público Federal-MPF avaliou todos os portais de transparência dos estados e municípios brasileiros.
"Entre os dias 08/09/2015 e 09/10/2015, em atuação coordenada em todo o Brasil, o Ministério Público Federal fez a avaliação dos portais da transparência dos 5.568 municípios e 27 estados brasileiros.
O exame levou em conta aspectos legais e boas práticas de transparência e foi feito com base em questionário elaborado pela Estratégia Nacional de Combate à Corrupção e à Lavagem de Dinheiro (ENCCLA). Seu objetivo é medir o grau de cumprimento da legislação, por parte de municípios e estados, numa escala que vai de zero a dez." (Fonte: site do MPF)

O trabalho pretendeu analisar se os portais de transparência são capazes de levar aos governados informações necessárias para que possam saber como está sendo gasto o dinheiro público. Não é uma avaliação dos governos, mas de como eles são transparentes à sociedade.

A métrica utilizada pelo MPF para este levantamento pode ser acessada através deste link, como também saber a posição de cada estado brasileiro e cidade catarinense avaliada. 
Para conhecer as notas das demais cidades brasileiras, acesse este link.

Imbituba está mal classificada entre as demais cidades catarinenses. Sua classificação é 202ª, com nota 6,40, ao lado dos municípios de Anita Garibaldi, Dona Emma, Ibirama, Jupiá, Lacerdópolis, Lindóia do Sul, Saudades e Siderópolis. 21,96% dos municípios catarinenses receberam nota abaixo de 6,00. Apenas 6,76% dos catarinenses receberam nota entre 9,00-10,00.
A média brasileira é muito baixa: 3,91.

As 10 cidades melhores colocadas em Santa Catarina, com notas entre 9,20-9,80, em ordem decrescente de pontuação: Botuverá, Jaraguá do Sul, Bombinhas, São Francisco do Sul, Ibicaré, Xanxerê, Apiúna, Joaçaba, Rio Negrinho e Guabiruba.

As 10 piores colocadas, com notas entre 0,00 e 2,90, em ordem decrescente de pontuação: Maracajá, Santa Rosa do Sul, Passo de Torres, São José, Leoberto Leal, Morro Grande, Taió, Nova Veneza, Ilhota, Timbé do Sul e Criciúma.

Atualizado em 28/12/15:

Poucas horas após a publicação deste post, recebi informação de que o município de Imbituba e o Ministério Público local assinaram em outubro termo de ajustamento de conduta com objetivo de se melhorar as informações publicadas no portal de transparência, sendo que tais providências já foram iniciadas para isso.

Nenhum comentário:

Seu comentário não será exibido imediatamente.

Para você enviar um comentário é necessário ter uma conta do Google.
Ex.: escreva seu comentário, escolha "Conta do Google" e clique em "postar comentário".

Caso você deseje saber se seu comentário foi respondido ou se outros leitores fizeram comentários no mesmo artigo, você poderá receber notificação por email. Para tanto, você deverá estar logado em sua conta e clicar em Inscrever-se por email, logo abaixo da caixa de comentários.

Eu me reservo ao direito de não aceitar ou de excluir parte de comentários que sejam ofensivos, discriminatórios ou cujos teores sejam suspeitos de não apresentar veracidade, ainda que o autor se identifique.

Comentários que não tenham qualquer relação com a postagem não serão publicados.

O comentarista não poderá deletar seu comentário publicado sem que haja justificativa relevante. Caso proceda assim, republicarei o teor deletado.


As regras para comentar neste blog poderão ser alteradas a critério do editor, o qual também poderá deletar qualquer comentário publicado, mediante justificativa relevante, sem prévio comunicado aos leitores/comentaristas.

Você assumirá a responsabilidade pelo teor de seu comentário.
Este espaço é livre e democrático, mas exerça sua liberdade com responsabilidade e bom senso!

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Copyright © 2012 Pena Digital.